MATÉRIAS
23.05.2014
2º Seminário Prefeitos Ceará debate desenvolvimento dos municípios
Os princípios e desafios da gestão municipal foram o foco das discussões encabeçadas no Seminário Prefeitos Ceará 2014, evento que reuniu dezenas de prefeitos do Estado durante a manhã e a tarde de ontem, no Centro de Eventos do Ceará. O encontro chega, neste ano, à sua segunda edição, voltando a atenção para temas como a Lei de Resíduos Sólidos, as eleições, o Programa Mais Médicos e outros assuntos de interesse geral das gestões.

Ao todo, 24 especialistas, dentre autoridades e gestores nas áreas de Saúde, Meio Ambiente, Política e Administração Pública, marcaram presença e devem proferir palestras durante o seminário, que segue até hoje. As atividades são promovidas pelo Diário do Nordeste, em parceria com a Fundação de Cultura e Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Funcepe) e o Instituto Future, e patrocínios do Governo do Estado, da Prefeitura de Fortaleza e da Assembleia Legislativa do Ceará.

Na solenidade de abertura, Edson Queiroz Neto, superintendente da Nacional Gás, ressaltou a cobrança cada vez maior por parte da população de retidão e eficiência dos gestores, ressaltando o papel social dos meios de comunicação, que auxiliam o diálogo entre o Poder Público e a sociedade.O primeiro dia de seminário contou com apresentação do vice-governador Domingos Filho, que comentou os princípios fundamentais para a gestão e as obrigações constitucionais dos prefeitos. Segundo ele, a chefia local é sempre desafiadora, em especial devido à baixa participação dos municípios na partilha nacional de recursos. "Os prefeitos são a primeira pessoa que a população procura no momento de angústia, então devem estar preparados", declarou.Resíduos sólidosPara o presidente da Associação de Prefeitos do Ceará (Aprece), Expedito José do Nascimento, a maior dificuldade atual dos municípios é a falta de recursos. Ele ainda alertou para a dificuldade de cumprir a Lei de Resíduos Sólidos, que estabelece 2014 como prazo final para a substituição dos lixões por aterros sanitários e para a elaboração de planos municipais para a área.Francisco Aguiar, presidente do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará (TCM-CE), reiterou o obstáculo de manejar o lixo nas cidades cearenses e informou que, diante do final do prazo, o órgão tem visitado municípios para notificar aqueles que não estiverem regularizados e orientar sobre que medidas tomar para se adequar à legislação.

O início do 2º Seminário Prefeitos 2014 teve, ainda, a participação do secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro. Em palestra, o representante da Pasta nacional falou sobre o Programa Mais Médicos no Ceará e os desafios da gestão municipal em saúde.O encontro termina hoje, apresentando palestra do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac e painéis com os temas Desenvolvimento Econômico e Eleições. O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e o diretor financeiro do Banco do Nordeste do Brasil serão alguns dos participantes.Gestão deve priorizar transparência dos dados"A Constituição Brasileira apregoa que todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular, ou de interesse coletivo, principio esse que deve ser garantido como forma de aprimorar a transparência e a democracia participativa.Partindo para a seara da gestão pública, a sociedade com seu senso crítico mais apurado, tem buscado cada vez mais retidão e eficiência por parte de seus gestores. É neste contexto que está inserido o papel social dos meios de comunicação, que é o de levar ao público notícias pautadas na ética e na imparcialidade.Em meio a este cenário, o jornal Diário do Nordeste desempenha seu papel de forma atuante, sendo um dos principais veículos de comunicação a exaltar a transparência da gestão municipal, desempenhando, assim, o seu papel social e o seu principal compromisso com o leitor: a informação com credibilidade.
Buscando, cada vez mais, auxiliar a qualificação da gestão pública, o jornal Diário do Nordeste promove o Seminário de Prefeitos do Ceará. A primeira edição aconteceu nos dias 12 e 13 de abril do ano passado. Na ocasião, havia uma preocupação de voltar-se, principalmente, para os prefeitos no início da gestão, oferecendo ferramentas importantes no enfrentamento das demandas administrativas.Nesta segunda edição, que teve início ontem, o Seminário traz como pauta o cenário de desafios e oportunidades da gestão pública. Dentre as várias temáticas, o evento discutirá sobre a gestão do lixo por parte das prefeituras, assunto este que é um grande desafio.

Outra temática de importante relevância em debate será sobre o desenvolvimento econômico dos municípios, que tratará a respeito de captação de recursos, projetos e investimentos.Ao convidar os gestores presentes a um debate de qualidade, tendo a gestão financeira, a saúde e o meio ambiente como pautas principais, o Diário do Nordeste transcende a sua missão de comunicar fatos com imparcialidade."Gostaria de agradecer e parabenizar a todos os presentes que têm em suas mãos um grande trabalho que envolve, antes de tudo, apoio popular. Agradeço também à Prática Eventos pela realização do seminário em parceria com a Funcepe e o Instituto Future.

Obrigado também aos patrocinadores do 2º Seminário de Prefeitos Ceará:
Governo do Estado do Ceará,
Prefeitura de Fortaleza,
Câmara Municipal de Fortaleza,
Fecomércio e Banco do Nordeste.

Parabéns e muito obrigado a todos!"
Edson Queiroz Neto, Superintendente da Nacional Gás

Endereço: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/cidade/prefeitos-destacam-desafio-de-cumprir-lei...